Home  Contactos   Retroceder   Print  

Credo

 
Pai Nosso
Credo
Avé Maria
Salvé Rainha

 

A Oração:
 

Creio em um só Deus,
Pai Todo Poderoso,
Criador do Céu e da Terra
De todas as coisas visíveis e invisíveis.

Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigénito de Deus,
Nascido do Pai antes de todos os séculos;
Deus de Deus, Luz da Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;
Gerado, não criado, consubstancial ao Pai.
Por Ele todas as coisas foram feitas,
E por nós, homens, e para nossa salvação
Desceu dos céus
E encarnou pelo Espirito Santo,
No seio da Virgem Maria.
E se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
Padeceu e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia,
Conforme as Escrituras;
E subiu aos céus,
Onde está sentado à direita do Pai.
Para julgar os vivos e os mortos;
E o seu reino não terá fim.

Creio no Espirito Santo.
Senhor que dá a vida,
E procede do Pai e do Filho;
E com o Pai e o Filho
É adorado e glorificado:
Ele que falou pelos Profetas.

Creio na Igreja una, santa,
Católica e apostólica.
Professo um só Baptismo
Para remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos,
e vida do mundo que há-de vir.

Amén

 

A Explicação:

             O Credo é o resumo das principais verdades da nossa fé. Fala-se de Deus que é ser perfeitíssimo, Criador e Senhor do céu e da terra, par podermos rezar o Credo em pleno devemos pois orar com Deus, a oração deve ser praticada dia a dia dentro da nossa maneira de viver.

            Deus O Criador significa que do nada fez tudo. Deus criou todas espécies de seres vivos e deu-lhes o poder de viver e de se multiplicarem. Ele é todo poderoso, pois criou-nos e fez-nos à sua imagem.

             Deus é nosso amigo e deseja a nossa felicidade eternamente.

             Deus é Espírito; não tem corpo e está presente em toda a parte, Deus é invissivel aos nossos olhos. Não teve principio, pois existe desde sempre. Deus é eterno e ama-nos eternamente.

            Deus é justo, premiará o Bem e castigará o mal. Por isso tem o céu (ao Seu lado) para os seus amigos, para aqueles que cumprirem com os Seus preceitos, o purgatório para a purificação dos gentios, antes da entrada no céu. Deus quer o nosso Bem.

     A apresentação como Pai, a criação do mundo para o homem, a sua vinda à terra, o seu sofrimento terreno, são factores que demonstram o amor d’Ele para connosco.

     Após uma vida atarefada, Jesus veio salvar toda a humanidade,  desta forma quis testemunhar o seu  amor infinito morrendo por nós na cruz. Com este acto   demonstrou-nos a sua divindade, pois,  ressuscitando ao terceiro dia, foi elevado aos Céus por Deus Pai Todo poderoso. Para assim confirmar a sua Origem Divina, Ele  apareceu a todos quando caminhavam para Emaús.

            Deus, após a nossa morte julgará cada um de nós, mas haverá o grande juízo final, em que à vista de todos, existirá a verdadeira justiça e o verdadeiro bem. Pois Deus é o verdadeiro defensor da justiça e do bem. Deus quer para nós a paz, nós podemos atingi-la atravez de verdadeiros actos de caridade e de benevovência.

            O Espírito Santo é a terceira pessoa da Santíssima Trindade, é representado normalmente por uma pomba, pois quando Cristo foi baptizado no rio Jordão, foi sob a forma  de uma pomba que o Espírito Santo desceu sobre Ele.

            A Igreja é a comunidade dos cristãos, que professam a doutrina de Jesus, ela é regida pelos legítimos Pastores. Em conjunto ( a Igreja e o legítimo Pastor) não deverão errar na verdade da Sua (a de Deus) espiritualidade.

            O homem é convidado a viver eternamente na comunhão dos Santos, significa que todos os que viverem em graça participarão com os Santos no Banquete Final. Por este meio, desde o momento do seu baptismo o ser humano é convidado por Deus a participar activamenteno seu plano salvífico.

Texto da responsabilidade de:

Paula Nóbrega e de Vitorino Fernandes